Colossus concrete utiliza soluções BinMaster

Colossus concrete utiliza soluções BinMaster

"Medir continuamente os níveis de silo sem escalá-los..."
0
26

Uma megacorporação de concreto e construção sediada no Centro-Oeste dos Estados Unidos estava lidando com problemas de controle em seu estoque na sua central de distribuição. Eles tinham subidas ininterruptas nos silos e jogavam fitas métricas, o que resultava em um processo nada preciso e demorado para os trabalhadores, para não falar dos riscos à segurança deles que isso representava.

Monitoramento centralizado necessário

A expedição precisava da supervisão do nível do inventário em tempo real de dez fábricas locais e de várias outras plantas remotas, para acompanhar a demanda por cimento em pó e cinzas volantes. Aprimorar a logística entre a planta de cimento e as plantas de outros produtos era essencial para garantir que todos os locais estejam funcionando com eficiência. Os dois trabalhadores cujo trabalho, em tempo integral, era agendar e encaminhar caminhões para as dez plantas locais situadas em torno da área metropolitana, bem como as plantas remotas, ficavam sobrecarregados. A BinMaster enfrentou o desafio de fornecer uma solução para as complexidades da empresa.

Desafios de logística

Cada planta de cimento tem entre cinco e oito silos contendo pó de cimento Tipo I, IPF e cinzas volantes que precisam ser preenchidos com essas matérias-primas. As cinzas volantes das dez plantas são fornecidas principalmente por uma usina local, enquanto o pó / IPF é encomendado a uma única usina de cimento. Cada caminhão podem armazenar cerca de 32 toneladas de material por carga. É fundamental saber que todo o material caberá nos silos quando os caminhões chegam para fazer uma entrega, garantindo que haja espaço suficiente no silo. A coordenação de todas essas variáveis ​​é crucial para evitar que a empresa perca tempo e dinheiro.

O alívio de ter o radar sem contato

Para medir continuamente os níveis de silo sem escalá-los, Nathan Grube da BinMaster, recomendou o uso de sensores de nível de radar sem contato de 80 GHz. A equipe de manutenção da fábrica fez a passagem do cabeamento em seus silos e os deixou prontos para a instalação do sensor. Os serviços técnicos da BinMaster conseguiram concluir o comissionamento em um ou dois dias por planta. Com o tempo, 58 silos foram equipados com sensores NCR-80, acompanhados de indicadores de nível rotativos que são usados como um alerta de alto nível redundante.
Como os silos se enchem muito rapidamente, em menos de quatro ou cinco horas, os mostradores de painel digital DPM-100 foram colocados em jogo para relatar o espaço livre nos silos. Uma porta de acesso BinCloud® foi usada para comunicar dados dos sensores aos displays sem fiação extensa.

Os gabinetes personalizados abrigam vários mostradores de painel digital para acessar os dados do silo a partir de um local centralizado e ao nível do solo. Os motoristas de caminhão, ou qualquer pessoa na fábrica, podem verificar o espaço vazio nos silos a qualquer momento. Agora, os motoristas podem carregar silos e esvaziar seus caminhões com confiança, sabendo que o material caberá.

Nosso software completa a solução

A visibilidade em tempo real dos níveis de estoque em cada planta era essencial para acompanhar o ritmo acelerado. Acesso ao website de monitoramento remoto BinView® foi fornecido para o local de expedição da sede corporativa, bem como disponibilizado em cada planta. Com todo mundo olhando para os mesmos dados, as discrepâncias de quantidade de inventário são coisa do passado. Com todos na mesma página, equipe de logística, motoristas e gerentes de fábrica podem definir prioridades e reduzir a falta de estoque e entregas de emergência, tudo que desperdiça tempo e pode afetar cronogramas e lucros.
O software BinView® permite que o pessoal de logística monitore e encomende materiais para vários locais, enquanto os gerentes de fábrica têm acesso a informações de inventário apenas para sua localização. Os usuários podem visualizar e classificar silos por material, definir alertas automatizados, examinar tendências e gerar relatórios de uso.

Resultados sólidos

A empresa de concreto afirmou que “não podiam se dar ao luxo de ter o risco de ficar sem material ou ter o risco de transbordamento”. Eles não precisam mais lidar com o risco de escalar os silos em climas que podem ser muito frios, quentes ou de muito vento no Centro-Oeste americano. O fornecedor de cimento também expressou que “realmente gosta da visualização do que está acontecendo. Eles podem analisar dados de todos os locais, apenas um local ou apenas silos que precisam ser alimentados”, afirmou Nathan Grube. “E como as plantas são muito ativas, eles recebem atualizações a cada 10 minutos. As pessoas mais jovens reconhecem o valor da tecnologia, enquanto as fábricas se deparam com a tentativa de trabalhar mais, com menos pessoas.”

Eles realmente gostam de visualizar o que está acontecendo. Eles podem olhar os dados de todas as localizações, apenas uma localização, ou apenas silos que precisam ser cheios.

Nathan Grube | Encarregado do projeto

Contribuição
Nathan Grube

Preparado por
Controles de nível BinMaster

Traduzido por
Grunn do Brasil

Fonte da informação:
https://www.binmaster.com/newsroom/detail/cement